Logo Prefeitura de Salvador

Transparência

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança do Adolescente de Salvador, Renildo Barbosa, participou de reunião na sede do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para debater questões ligadas à eleição dos conselheiros tutelares da capital baiana em 2019. A cessão de urnas para o pleito de outubro foi solicitada ao presidente do órgão, Jatahy Júnior.
Além do presidente do CMDCA, participaram da reunião: a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Infância e Juventude, Rogéria Santos; o secretário de Promoção Social e Combate à Pobreza, Léo Prates; e o secretário de Ordem Pública, Felipe Lucas.
Os gestores solicitaram que o TRE-BA disponibilize duas mil urnas eletrônicas para o processo unificado de escolha dos conselheiros tutelares, previsto para 6 de outubro. O número de urnas segue a Lei Municipal 6.266/03, que determina que as seções nesse processo não podem ser inferiores a 1/3 das seções eleitorais do município. A comissão também pediu para ter acesso a lista de eleitores de Salvador e que a equipe do TRE-BA assuma a apuração e os resultados desse pleito.
Essa é a segunda vez que uma parceria entre TRE-BA e o poder municipal é firmada para a eleição dos conselheiros tutelares, que ocorre de quatro em quatro anos. Em 2012, o Regional baiano emprestou urnas eletrônicas e deu apoio logístico para a realização do pleito, lembrou o presidente do CMDCA. “É a forma mais segura e correta de escolher as pessoas que vão lidar diretamente com crianças e adolescentes, que são prioridade constitucional. Realizar eleições com o apoio do TRE baiano também amplia a participação popular, garantindo que mais gente atue na escolha de algo tão importante”, pontuou Renildo Barbosa..
O presidente Jatahy Júnior solicitou internamente um estudo técnico para viabilizar o pedido, considerado pelo desembargador como de extrema importância. “Esse pedido tem a minha aprovação e o meu entusiasmo. Isso mostra que a confiabilidade da urna está mais do que disseminada. Se nos procuram para uma eleição dessa grandeza, é porque existe confiança na Justiça Eleitoral e em seus processos”, disse.

Cronograma eleitoral

A escolha dos conselheiros tutelares de Salvador é dividida em quatro etapas. A primeira, realizada entre 4 de abril e 3 de maio, é a inscrição. A expectativa é a de que 2 mil pessoas concorram a esse cargo na capital baiana.
Em seguida, no dia 14 de julho, será realizada uma prova, etapa considerada a peneira do processo. Os candidatos aprovados disputarão as eleições, no dia 6 de outubro. Serão eleitos 90 titulares e 90 suplentes para os 18 Conselhos Tutelares de Salvador. Após eleição acontecerá a capacitação obrigatória e eliminatória.
Para candidatar-se a conselheiro tutelar, é preciso ter mais de 21 anos, ter trabalhado por dois anos com criança e adolescente e ser morador de Salvador há, pelo menos, dois anos. Já o pré-requisito para ser eleitor nesse processo é ter um título emitido até o dia 31 de julho de 2019.

Foto: Bruno Concha – SECOM

O cidadão que vai declarar o Imposto de Renda 2019 pode ajudar a transformar a vida de milhares de crianças e adolescentes em Salvador, por meio da destinação de até 3% do tributo ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA). Os recursos serão destinados a 34 entidades que já tiveram seus projetos sociais aprovados via edital de chamamento público, para desenvolverem na cidade atividades educativas, terapêuticas, culturais, esportivas e de lazer.

Os contribuintes podem destinar recursos para o FMDCA através da declaração anual do Imposto de Renda (IR) de pessoa física, que pode ser feita até o dia 30 de abril. A boa ação é integralmente deduzida. Ou seja, quem contribuir não paga nada a mais por isso – exemplo: para cada R$ 100 retido, é possível doar R$ 3.

A iniciativa faz parte da campanha “Declare seu Amor”, lançada pela Prefeitura na segunda-feira (8). O FMDCA, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres Infância e Juventude (SPMJ), é responsável pela captação dos recursos.

Todo o orçamento arrecadado é gerido e aplicado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), além de ser fiscalizado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e Tribunal de Contas do Município (TCM).

Passo a passo – A destinação de recursos para o fundo municipal via Imposto de Renda pode ser feita diretamente na declaração. O primeiro passo, após concluir o preenchimento, é clicar na aba “Resumo da Declaração – Doações Diretamente na Declaração – ECA”. Em seguida, selecionar as opções “Novo”, Fundo “Municipal”, UF “Bahia”, Município “Salvador–00.459.245/0001-81”, verificar o “Valor Disponível para Doação” e preencher o montante até o limite indicado.

Em seguida, na aba “Resumo da Declaração – Cálculo do Imposto”, verificar o valor que será destinado ao FMDCA no campo “Dedução de Incentivo”, e o valor do tributo a ser pago. Por último, é só clicar na opção “Imprimir – DARF – Doações Diretamente na Declaração – ECA”, gerar a guia com o valor correspondente e efetuar o pagamento.

Projetos financiados – Uma das organizações recentemente beneficiadas pelo FMDCA foi a Associação Baiana de Equoterapia (Abae). A instituição desde 1993 realiza um trabalho gratuito pioneiro de reabilitação de crianças e adolescentes com deficiências física e intelectual. O método compõe uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, estimulando a mente e o corpo dos pacientes que fazem sessões durante montagem em um cavalo.

Com uma equipe multidisciplinar formada por fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais e pedagogos, a associação atende cerca de 130 crianças a partir de dois anos, portadoras de deficiências como microcefalia, Síndrome de Down, paralisia cerebral, autismo e aneurisma, inclusive famílias do interior da Bahia como Irecê, Senhor do Bonfim, São Francisco do Conde, Castro Alves e Vitória da Conquista. A lista de espera para receber o tratamento já chega a 3 mil pessoas.

Outra instituição beneficiada com recursos do FMDCA, a Associação de Capoeira os Bambas do Sol Nascente utiliza a capoeira como instrumento de educação, elevação da autoestima e ferramenta de transformação social.

A organização foi contemplada em 2014 e 2018, e novamente está entre entidades que tiveram projetos aprovados junto ao CMDCA. Os recursos ajudarão na realização do projeto “Sou Bamba na Capoeira: Nas Drogas dou Rasteira”. “Atendemos 200 crianças em situação de ociosidade e em situação de vulnerabilidade no bairro do Uruguai. Além de capoeira, as ações envolvem dança afro, reforço escolar em português e matemática e cidadania”, explica o Mestre Teodoro.

O Projeto Axé Salvador, outra instituição favorecida, já tem aprovadas três iniciativas sociais. Uma delas será realizada no Pelourinho, com oferecimentos de aulas de informática e dança. A ONG dispõe de duas unidades de acolhimentos no Centro da capital baiana, voltadas para crianças e jovens, entre 8 a 25 anos, em situação de rua ou em risco social.

Em 29 anos de existência, a organização já atendeu a 28,3 mil crianças e adolescentes. “Aos contribuintes que devolverem 3% do IR, saibam que estarão contribuindo para construção de uma nova cidadania, para centenas de crianças excluídas”, destaca o fundador e coordenador do Projeto Axé, Cesare de Florio La Rocca.

Balanço – Em 2018, foram arrecadados pelo FMDCA, durante o período de declaração do IR, R$ 259.207,77. Ao longo de todo ano, o montante doado para o fundo chegou a pouco mais de R$1 milhão. Naquele mesmo ano, foram realizados 14.440 mil atendimentos, totalizando 15.110 mil crianças beneficiadas, em ações apoiadas pelas doações que atenderam reabilitação de crianças com deficiência, inclusão digital, esportes, reforço escolar e apoio à defesa dos menores em relação à violência e responsabilização dos agressores.

As 380 urnas eletrônicas distribuídas em 74 pontos da cidade registraram mais de 162 mil votos e a participação de 32 mil pessoas no domingo (6), durante a eleição dos conselheiros tutelares de Salvador. Integrantes de órgãos como o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Ministério Público da Bahia e Defensoria Pública participaram da fiscalização do processo eleitoral.

Para a apuração dos votos, foi montada estrutura especial composta por aproximadamente 50 escrutinadores e transmissão online, através de sistema criado pela Cogel, o que permitiu que a comunidade em geral acompanhasse a contagem dos votos e conhecesse os candidatos mais bem votados em toda cidade.

A lista preliminar dos candidatos eleitos e o resultado dos pedidos de impugnação serão publicados nos próximos dias no site http://www.cmdca.salvador.ba.gov.br/.
Para o presidente da comissão organizadora, Renildo Barbosa, o processo de escolha chega ao fim com sucesso. “Mesmo sendo constatadas fragilidades na estrutura e suporte que deveriam ter sido garantidos para o trabalho da comissão e CMDCA, mesmo com reduzida divulgação institucional para a comunidade.

Além de termos mais locais de votação que o processo anterior, a participação popular cresceu e foi 50% maior que a última eleição, com mais de 35 mil pessoas votando em toda a cidade”, afirmou o presidente do CMDCA.

A eleição foi realizada após um ano de trabalho da Comissão Coordenadora, articulada e com apoio de secretarias municipais, Ministério Público, Defensoria Pública Estadual, Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral, Cogel, Polícia Militar, Guarda Municipal e colégios estaduais.

“Mesmo com ausências e alguns problemas estruturais, a Operação Especial mantida por Decreto do Executivo Municipal garantiu que servidores e funcionários públicos, além de voluntários terceirizados, garantissem o funcionamento das secções eleitorais em toda a cidade e nas três ilhas”, avaliou Renildo Barbosa.

A prática vedada de pedir votos e mobilizar eleitores, chamada de “boca de urna” foi identificada em alguns locais. A comissão organizadora tem o papel de analisar e avaliar a possível impugnação da candidatura do candidato beneficiado irregularmente.

NOTA DE REPÚDIO

AGRESSÃO AO ADOLESCENTE NO SHOPPING SALVADOR 28/12/2020.
O Conselho Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA em conjunto com o Conselho Municipal da Juventude de Salvador – COMJUV, por meio de nota, repudia a ação truculenta por parte de seguranças privados do Salvador Shopping nesta última segunda-feira (28), contra crianças e/ou adolescente que frequentavam o Shopping Salvador.
O CMDCA e o COMJUV não aceitarão apenas os tradicionais procedimentos costumeiramente adotados de afastar os agentes envolvidos e notas de pedidos públicos de desculpas, com fito de impedir novas condutas.
Portanto, daremos notícia do fato ao Ministério Público do Estado da Bahia e concomitantemente convocamos reunião em caráter de urgência com Administradores do Shopping Salvador, CMDCA, COMJUV e Conselho Tutelar XVII para orientações imediatas de como esses profissionais devem proceder em consonância com Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA e extinguir novas condutas como essas, além de requerer tratamento humanizado com a infância e adolescência que são cliente do estabelecimento.
Ademais, exigir a apresentação dos procedimentos e orientações dadas por parte da empresa junto aos seus colaboradores de Segurança quando identificam “supostos indícios de ameaça a ordem e patrimônio da empresa”.
A situação não pode meramente ser encarada como fato isolado, mas apurado e aplicadas às medidas adequadas para sanar essas posturas que refletem em uma política estrutural e discriminatória.
Salvador, 29 de Dezembro de 2020.
Tatiane Paixão Gustavo Mercês
Presidenta do CMDCA Salvador Presidente do COMJUV
As Crianças e Adolescentes de Salvador;
Ao Sistema de Garantia de Direto-SGD;
Ao Conselho Tutelar de Salvador;
Ao Ministério Público da Bahia,
Ao Shopping Salvador.

O CMDCA na pessoa da presidenta Tatyane Paixão participou no dia 19/01 do evento virtual “Declare Seu Amor – Seu imposto de renda pode ser uma doação”. O evento foi promovido pelo Hospital Martagão Gesteira, com apoio do IESG. Na oportunidade Tatyane falou sobre a importância do papel do CMDCA na aprovação de financiamentos de projetos oriundos de doações do Imposto de Renda.

Reunião com Conselheiros Tutelares do conselho XV, para discutir ações para garantir os direitos das crianças e adolescente da nossa cidade.

Na tarde dessa quarta-feira (03), a presidenta Tatyane Paixão recebeu em nossa sede a Isabela Argolo presidenta da Fundação Cidade Mãe.
O objetivo da reunião foi tratar de pautas importantes para o avanço na defesa dos direitos das crianças e adolescentes em Salvador. Na oportunidade foi entregue o certificado de registro da Fundação, e a presidenta Tatyane Paixão foi presenteada com uma linda obra de arte criada pelas crianças da Fundação Cidade Mãe. Estamos sempre juntos com toda a rede em defesa das Crianças e Adolescentes.

Ação conjunta com parte da rede de garantia dos direitos das crianças e adolescentes para prevenção e orientação no entorno do Shopping.
Demonstrando que está atento para salvaguardar direitos de crianças e adolescentes em situação de ameaça, violação de direito e vulnerabilidade.
Nós do NCMDCA sempre estaremos na defesa de direitos a crianças e adolescentes e deliberando politicas públicas efetivas para eles em Salvador.

A Presidenta do CMDCA esteve hoje na Câmara Municipal para dialogar com o Presidente Geraldo Júnior, Presidente da Comissão da Criança Júlio Santos e Euvaldo Júnior – Diretor da Infância da SPMJ. O encontro foi muito produtivo o mais breve possível será colocado para votação o Plano Municipal pela Infância e Adolescência de Salvador – PMIA. Cujo o objetivo é assegurar absoluta prioridade em políticas públicas para Infância e Adolescência nos até 2029.

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº. 07/2021 – Quisque imperdiet enim eget justo consequat, in molestie quam fringilla..

POSTULANTE: AZI & TORRES CASTRO HABIB PINTO ADVOGADOS ASSOCIADOS; CNPJ N° xx.xxx.xxx/0001-49;

VALOR: 2xx.920,00;

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Inciso II do Artigo 30 da Lei Nº. 1x.3×3/2016;

HOMOLOGAÇÃO: Publicada no Diário Oficial do Município N°. 7.9x de xx/03/2021;

PROCESSO Nº. xx.431/xxxx.

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº. 07/2021 – Quisque imperdiet enim eget justo consequat, in molestie quam fringilla..

POSTULANTE: AZI & TORRES CASTRO HABIB PINTO ADVOGADOS ASSOCIADOS; CNPJ N° xx.xxx.xxx/0001-49;

VALOR: 2xx.920,00;

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Inciso II do Artigo 30 da Lei Nº. 1x.3×3/2016;

HOMOLOGAÇÃO: Publicada no Diário Oficial do Município N°. 7.9x de xx/03/2021;

PROCESSO Nº. xx.431/xxxx.

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº. 07/2021 – Quisque imperdiet enim eget justo consequat, in molestie quam fringilla..

POSTULANTE: AZI & TORRES CASTRO HABIB PINTO ADVOGADOS ASSOCIADOS; CNPJ N° xx.xxx.xxx/0001-49;

VALOR: 2xx.920,00;

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Inciso II do Artigo 30 da Lei Nº. 1x.3×3/2016;

HOMOLOGAÇÃO: Publicada no Diário Oficial do Município N°. 7.9x de xx/03/2021;

PROCESSO Nº. xx.431/xxxx.

Donec ut massa dignissim, suscipit purus quis, efficitur arcu. Aliquam a ex a nulla euismod faucibus ultricies id libero. Maecenas justo turpis, sodales eu tortor sed, porttitor laoreet arcu. Cras venenatis metus id velit luctus tempor. Morbi convallis nibh quis urna ornare efficitur. Proin vitae turpis tempor, sollicitudin enim ac, posuere dolor. Nulla condimentum aliquet magna vel luctus.

Aliquam metus velit, euismod et lacus vel, tincidunt varius lorem. Maecenas non vestibulum lacus, faucibus pellentesque lacus. Vivamus consequat rutrum nisi, vel facilisis velit hendrerit ut. Vivamus hendrerit, nulla ac gravida eleifend, neque lectus tincidunt augue, in auctor erat ante vitae magna. Phasellus nulla ex, scelerisque ut commodo sed, pharetra a libero. Maecenas finibus est eu turpis pharetra vestibulum.

Aliquam nec magna vestibulum, feugiat velit in, maximus diam. Nulla tempus urna in turpis mollis ultricies eget et erat. Etiam nec tincidunt purus, ut porta turpis. Mauris rutrum hendrerit enim nec consequat. Nulla euismod tempus nulla ut cursus. Vivamus vel tellus lacus. Donec non elementum nisi, vel condimentum lectus. Fusce augue quam, dignissim quis tristique sed, auctor ac libero. Sed tempor, justo eu blandit blandit, sem erat dapibus lacus, non imperdiet felis magna et mauris. Sed nec enim sollicitudin, mattis nisi id, pretium dolor. Pellentesque elit turpis, vestibulum in magna sit amet, facilisis elementum felis. Nullam et interdum dolor, vitae aliquet arcu. Aenean vitae tellus a augue facilisis facilisis a id mauris. Nullam non massa egestas, lobortis felis eget, ullamcorper felis.

Donec vitae lacus in elit commodo porttitor. Vivamus erat arcu, pharetra et bibendum sit amet, feugiat vitae tortor. In hac habitasse platea dictumst. Donec condimentum enim sit amet sem cursus, quis ornare ante luctus. Vivamus velit libero, pharetra vel placerat sed, accumsan et velit. Etiam quis lacinia enim. Duis imperdiet et nisi eu auctor.

CONSELHO TUTELAR IPREFEITURA BAIRRO V
Cidade Baixa
Endereço: Rua Lélis Piedade n63 Ribeira, CEP 40.420.190 – ROMA
Ponto de Referencia: Nos fundos do Centro de Acolhimento a Mulher Soteropolitano Irmã Dulce
Coordenadora: EVANICE RODRIGUES DE SOUZA DA HORA 
Celular Corporativo:71 99634-7946
Email: Conselho.roma@salvador.ba.gov.br

1. MARIA JOELITA BASTOS DE ARAÚJO

2. EVANICE RODRIGUES DE SOUZA DA HORA

3. MARIA APARECIDA SILVA LIMA

4. ANA SUELY SOARES SANTOS DOS ANJOS

5. TÂMARA PEREIRA DOS SANTOS 
Área de Abrangência

Boa Viagem
Bonfim
Calçada
Caminho deAreia
Lobato
Mangueira
Mares 
Massaranduba
Monte Serrat 
Ribeira
Roma 
Santa Luzia
Uruguai
Vila Ruy Barbosa
Jardim Cruzeiro

CONSELHO TUTELAR IIPREFEITURA BAIRRO I
Centro/Brotas
Endereço: Av Sete de Setembro, n° 202 – Dois Julho
Edifício Adolfo Basbaum
Coordenador: Daniela dos Santos Lírio 
Contato: 3202-7352/ 3321-4561
Celular Corporativo: 71 99678-5730
Email: Conselho.barroquinha@salvador.ba.gov.br
 
1. DANIELA DOS SANTOS LÍRIOS 

2. GRAZIELA DOS SANTOS CERQUEIRA 

3. MARCOS SILVA DE OLIVEIRA 

4. MATHEUS PINHEIRO DE CARVALHO

5. ESTHELA MÔNICA GOMES DA COSTA
Área de Abrangência

Barbalho
Barris
Centro
Centro Histórico
Comércio
Garcia
Macaúbas
Nazaré
Santo Antônio
Saúde
Tororó 

CONSELHO TUTELAR IIIPREFEITURA BAIRRO I
Centro/Brotas
Endereço: Rua Carlos Chenaud, 18 – Vila Laura
Coordenador: Rogério Tomas Rodrigues Conceição 
Contato: : 3202-7353
Celular Corporativo: 7199995-9048
Email: Conselho.brotas@salvador.ba.gov.br
1. ROGÉRIO TOMÁS RODRIGUES CONCEIÇÃO

2. CÍNTIA GISLANE VIANE DOS SANTOS BATISTA
 
3. VALCIMEIRE SANTOS SILVA

4. SIDNEY ANSELMO CALDAS

5. VERÔNICA DOS SANTOS VILLA
Área de Abrangência

Acupe 
Boa Vista de Brotas
Brotas 
Candeal
Cosme de Farias
Engenho Velho de Brotas
Luiz Anselmo
Matatu
Santo Agostinho
Vila Laura

CONSELHO TUTELAR IVPREFEITURA BAIRRO VII:
São Caetano/Liberdade
Endereço: Rua Domingos Requião, 217 – Liberdade
Coordenador: Aline Gomes da Silva
Contato: 3202-7354
Celular Corporativo: 71 99628-7916
Email: conselho.liberdade@salvador.ba..gov.br
1. ALINE GOMES DA SILVA

2. ADILMA PEREIRA DA SILVA

3. MATEUS FERREIRA DOS SANTOS

4. JOSENIRA MEIRELLES

5. TATIANA OLIVEIRA DE ARAÚJO
Área de Abrangência

Baixa de Quintas
Caixa D´Água
Cidade Nova
Curuzu
IAPI
Lapinha
Liberdade
Pau Miúdo
Pero Vaz
Santa Mônica

CONSELHO TUTELAR VPREFEITURA BAIRRO IV:
Itapuã/Ipitanga
Endereço: Rua da Ilha, s/nª – Itapuã
Coordenador: Willian dos Santos Teles 
Contato: 3202-7355
Corporativo:  71 99629-2877
Email: Conselho.itapua@salvador.ba.gov.br

1. WILLIAN DOS SANTOS TELES

2. LIZIANE CORDEIRO REIS SILVA 

3. IRIS SANTOS VENÂNCIO 

4. ANTONISA VIEIRA VALE 

5. MARIA FRANCELINA DA SILVA SANTOS
Área de Abrangência

Bairro da Paz 
Itapuã
Alto do Coqueirinho
Piatã
Patamares
Stella Mares

CONSELHO TUTELAR VIPREFEITURA BAIRRO IV:
Cabula/Tancredo Neves
Endereço: Rua Thomaz Gonzaga ,150 – Pernambués
Coordenador:  EDNAIDE PESSOA DAMASCENO
Contato: 3202-7356
Corporativo: 71 99628-9588
Email: Conselho.pernambues@salvador.ba.gov.br
1. EDNAIDE PESSOA DAMASCENO 

2. JUCINEIDE LIMA SANTOS DE JESUS 

3. EDMÁRIA SANTANA NUNES 

4. KELLY DAIANE SANTIAGO DE SANTANA 

5. GEORGIA SANTOS DA CRUZ
Área de Abrangência

Arraial do Retiro
Cabula
Pernambués
Resgate
São Gonçalo
Saramandáia  

CONSELHO TUTELAR VIIPREFEITURA BAIRRO III:
Cajazeiras
Endereço: Rua A s/nº – Castelo Branco, 3ª Etapa – CSU
Coordenador:  JACIARA DE JESUS ROCHA
Contato: . 3202-7357
Whatsapp: 7199636-4471
Email: Conselho.castelobranco@salvador.ba.gov.br 
 
1. BÁRBARA CRISTINA SANTOS CARVALHO

2. JACIARA DE JESUS ROCHA

3. EDSON BARCELOS DOS SANTOS

4. SÉRGIO FIRMINO

5. CELESTE CALDAS DE JESUS MACENA
Área de Abrangência

Canabrava
Castelo Branco
São Rafael
Dom Avelar
Nova Brasília
Pau da Lima
Porto Seco Pirajá
São Marcos
Sete de Abril
Trobogy
Vale dos Lagos
Vila Canária

CONSELHO TUTELAR VIIIPREFEITURA BAIRRO III:
Cajazeiras
Endereço: Estrada dos Coqueiros, n.º 1902 – Fazenda Grande II – Cajazeiras.
Coordenador: ANALICE DE SOUZA SANTOS
Contato: 3202-7358
Whatsapp: 71 99991-0373
Email: Conselho.cajazeiras@salvador.ba.gov.br
1. ANALICE DE SOUZA SANTOS 

2. NAJARA SILVA DOS SANTOS PEREIRA

3. MARIA DAILMA ALMEIDA MORAIS

4. CRISLANE CONCEIÇÃO DE SOUZA

5. MONIQUE DA SILVA CUNHA 
Área de Abrangência

Águas Claras
Cajazeiras II
Cajazeiras IV
Cajazeiras V
Cajazeiras VI
Cajazeiras VII
Cajazeiras VIII
Cajazeiras X
Cajazeiras XI
Fazenda Grande I
Fazenda Grande II
Fazenda Grande III
Fazenda Grande IV
Jardim Cajazeiras
Boca da Mata
Jaguaripe I
Novo Marotinho

CONSELHO TUTELAR IXPREFEITURA BAIRRO II:
Subúrbio/Ilhas
Endereço: Rua Almáquio Vasconcelos, 13 – Periperi
Coordenador: GRACE FERREIRA SANTOS SILVA
Contato: 3202-7359 / 3308-0173
Whatsapp: 71 99656-0716
Email:Conselho.periperi@salvador.ba.gov.br 
1. ARACELE ARAÚJO SILVA BARBOSA

2. MARCIA DOS SANTOS SILVA

3. VERA LÚCIA ANDRADE CARVALHO

4. MARCOS VINÍCIUS GARRIDO DA SILVA

5. GRACE FERREIRA SANTOS SILVA
Área de Abrangência

Alto da Terezinha
Coutos
Fazenda Coutos
Itacaranha
Nova Constituinte
Periperi
Plataforma
Praia Grande
Rio Sena
São João do Cabrito

CONSELHO TUTELAR XPREFEITURA BAIRRO VI:
Barra/Pituba
Endereço: 2ª Travessa Pedro Gama, s/n, Federação – CSU
Coordenador: João Carlos de Araujo filho 
Contato: 3202-7360
Whatsapp: 99623-2412
Email: Conselho.federacao@salvador.ba.gov.br 
1. BRUNA VITORIA DE OLIVEIRA ARAUJO SANTOS

2. GENIVALDA LOPES NUNES

3. ADRIANA MARINHO SANTOS

4. FRANCIRLEY DOS REIS AMORIM

5. LUIZETE MOREIRA BARRETO
Área de Abrangência

Alto das Pombas 
Eng. Velho de Brotas
Rio Vermelho
Federação
Amaralina

CONSELHO TUTELAR XIPREFEITURA BAIRRO IV:
Itapuã/Ipitanga
Endereço:  Rua Clemente Mariani, 45 – Boca do Rio
Coordenador: SILEDA MUNIZ SILVA REGIS
Contato: 3202-7361
Corporativo :  71 98800-6246
Email: Conselho.bocadorio@salvador.ba.gov.br
 
 

1. GILMÁRIA DAS GRAÇAS SANTOS SANTANA

2. ANDREA HELMA SANTOS BORGES

3. EDINEUZA DA ANUNCIAÇÃO SANTOS

4. SILEDA MUNIZ SILVA REGIS

5. JOSIANNE BERNARDO DE ANDRADE PEIXOTO
Área de Abrangência

Boca do Rio
Imbuí
Pituaçu
Costa Azul
Jardim Armação
Stiep

CONSELHO TUTELAR XIIPREFEITURA BAIRRO VII:
São Caetano/Liberdade
Endereço:  Ladeira da Alegria, s/nº – Boa Vista de São Caetano
Coordenador: Cidinalva da Silva Santos
Contato: 3202-7362
Whatsapp: 71 98549-6007
Email: Conselho.saocaetano@salvador.ba.gov.br
1. Cidinalva da Silva Santos

2. Érica Ferreira de Santana Santos

3. Maiane Enes Bispo de Souza

4. Noemi dos Santos Souza

5. Carmen Lúcia dos Passos Suzart Sousa
Área de Abrangência

Alto do Cabrito
Boa Vista do São Caetano
Bom juá
Campinas de Pirajá
Capelinha
Fazenda Grande do Retiro
Marechal Rondon
Retiro
São Caetano

CONSELHO TUTELAR XIIIPREFEITURA BAIRRO VIII:
Cabula/Tancredo Neves
Endereço: Av. Edgar Santos, 511 E – Narandiba
Coordenador: Regiane Santos de Jesus
Contato:  3202-7363
Celular Corporativo: 71 99982-9428
Email: Conselho.narandiba@salvador.ba.gov.br
 
1. Alex Fábio Teles Brito

2. Regiane Santos de Jesus

3. Joilson Souza de Almeida

4. Jailton Santana de Jesus

5. Ailton Souza Rodrigues 
Área de Abrangência

Arenoso
Barreiras
Beiru/Tancredo Neves
Cabula VI
Calabetão
Engomadeira
Jardim Santo Inácio
Mata Escura
Narandiba
Nova Sussuarana
Novo Horizonte
Saboeiro
Sussuarana
CAB
Doron
Granjas Rurais

CONSELHO TUTELAR XIVPREFEITURA BAIRRO II:
Subúrbio/Ilhas
Endereço: Rua Almáquio Vasconcelos, 13 – Periperi
Coordenador: Vagner Carneiro da Silva 
Contato: 3202-7359 / 3308-0173
Whatsapp: 71 99623-3595
Email: Conselho.ilhas@salvador.ba.gov.br

1. Vagner Carneiro da Silva

2. Viviane Silva Peixoto

3. Mariana de Matos Bispo Nascimento

4. Ana Cristina Almeida

5. Michele Santos da Silva 
Área de Abrangência

Ilha Bom Jesus dos Passos
Ilha dos Frades
Ilha de Maré
Paripe
São Tomé

CONSELHO TUTELAR XV PREFEITURA BAIRRO VI:Barra/Pituba
Endereço: Av Sete de Setembro, n° 202 – Dois Julho
Edifício Adolfo Basbaum 

Contato: 3321-2361
Celular Corporativo: 
Email: Conselho.barra@salvador.ba.gov.br

1. Rosana Bacelar da Silva

2. Mianga Madillê da Silva Gavião

3. Gersina da Silva Praxedês

4. Vânia dos Santos Soares

5.Robert Souza dos Santos
Área de Abrangência

Barra
Calabar
Graça
Ondina
Vitória
Canela

CONSELHO TUTELAR XVIPREFEITURA BAIRRO IV:
Itapuã/Ipitanga
Endereço: Rua I, Setor e Mussurunga 1, CSU – Mussurunga
Coordenador: TAINA CARDOSO DOS SANTOS
Contato: (71) 3202-7366
Celular Corporativo: 71 99950-8293
Email: Conselho.mussurunga@salvador.ba.gov.br
1. ANA PAULA DOS SANTOS

2. CARLA GONÇALVES

3. ANA CAROLINE DOS REIS BARBOSA

4. GABRIELE DE ARAUJO LIMA

5. TAINA CARDOSO DOS SANTOS 
Área de Abrangência

Mussurunga
São Cristovão
Cassange
Areia Branca
Itinga
Jardim das Margaridas
Nova Esperança
Aeroporto
Jardim Nova Esperança

CONSELHO TUTELAR XVIIPREFEITURA BAIRRO VI:
Barra/Pituba
Endereço: Alameda das Espatódeas, S/N, Pça do Caminho das Arvores, Antiga Central de Regulação.
Coordenador: Maria Antônia Bento Carvalho
Contato: 3202-7367
Celular Corporativo: 71 98796-0897
Email: Conselho.pituba@salvador.ba.gov.br
 

1. Maria Antônia Bento Carvalho 

2. Carlos Augusto Santana

3. Alexandre Santos de Almeida 

4. Cláudia Barros Lima 

5. Robson Pinto dos Santos
Área de Abrangência

Chapada do Rio Vermelho
Caminho das Árvores
Itaigara
Nordeste de Amaralina
Pituba
Santa Cruz 
Vale das Pedrinhas

CONSELHO TUTELAR XVIIIPREFEITURA BAIRRO X:
Valéria
Endereço: Rua Andreia, s/n, CSU Valéria
Coordenador: Regivalda Reis Barbosa Costa
Contato: 3202-7368
Corporativo: 71 99608-6286
Email: Conselho.valeria@salvador.ba.gov.br

1. Lúcia Maria Silva Malvar

2. Fernanda Zilda de Sá Angelo

3. Regivalda Reis Barbosa Costa

4. Patrícia de Jesus dos Santos

5. Rosemeire Duarte Santos 
Área de Abrangência

Moradas da Lagoa
Palestina
Pirajá
Valéria

Convocatória para Assembleia Geral Ordinária nº 340ª

Lei n.º 8.069, de 13/07/90 artigo 260
Cria Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA
Detalhes no Site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8069.htm

Lei n.º 8.242, de 12/10/91, art. 10
Altera a Lei 8.069/90
Detalhes no Site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8242.htm

Lei nº 9.532, de 10/12/97, art. 10, art. 22
Trata do limite de dedução
Detalhes no Site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9532.htm

Decreto nº 794, de 05/04/93
Trata do limite máximo de dedução do IR/ pessoas jurídicas.
Detalhes no Site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1990-1994/D0794.htm

Instrução Normativa/SRF nº RFB nº 1.311 de 31/12/2012
Estabelece procedimentos a serem adotados pelas pessoas físicas. Detalhes no Site: http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/ins/2002/in2582002.htm

Lei nº 12.594/12 – de 18/01/2012 – Art. 87
Regulamenta a execução das medidas socioeducativas destinadas a adolescente que pratique ato infracional
Detalhes no Site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12594.htm

LEI n° 13.019/14 de 31/07/14
Trata do Marco Regulatório: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13019.htm

Lei 13.204 de 14/12/2015
Define diretrizes para a política de fomento e de colaboração com organizações da sociedade civil.
Veja no site: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13204.htm

Prazo para contribuições: 25/03/2022

Email para enviar as contribuições: cmdca@salvador.ba.gov.br

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DO MUNICÍPIO DE SALVADOR – CMDCA

O CMDCA é um órgão paritário, composto por membros da sociedade civil e do Poder Executivo municipal. É deliberador, formulador e controlador das políticas públicas voltadas para atendimento à criança e ao adolescente, criado pela Lei nº 4.231 de 29/11 de 1990. Além de formulador das políticas públicas, é também atribuição do CMDCA manter o registro das entidades que atuam com crianças e adolescentes, bem como de seus programas e projetos, zelando para que esta ação seja realizada de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Sua atual presidente é Tatiane Paixão.

O CMDCA funciona através das assembleias regulares, abertas à participação pública ou através das Câmaras Técnicas, que são Grupos de Trabalho que analisam os temas para posterior deliberação da plenária.

CONSELHEIRO DE DIREITO/ORGÃOFUNÇÃO
EVALDO BATISTA DE ALMEIDA FILHO / ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E CULTURAL DE AMARALINAPRESIDENTE
TATIANE JESUS DA PAIXÃO DOS SANTOS / SEGOVVICE-PRESIDENTA

ENTIDADES NÃO GOVERNAMENTAISCONSELHEIROS DE DIREITO
ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E CULTURAL DE AMARALINA / PRESIDENTETITULAR: EVALDO BATISTA DE ALMEIDA FILHO
 SUPLENTE: MÁRCIO DE OLIVEIRA DESIDERIO
HORA DA CRIANÇATITULAR: MATEUS  ALMEIDA RUSSO
 SUPLENTE: GUILHERME HUNDER CHAVES
LAR PÉROLAS DE CRISTOTITULAR:VERA LÚCIA SANTOS GUIMARAES
 SUPLENTE:EVANICE TOMAZ DOS SANTOS
ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE EDUCAÇÃO COMUNITÁRIAS – AEECTITULAR: AILTON ALVES DE MOURA
 SUPLENTE: CLAUDIA MAGALI BONFIM SILVA
ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DE CLARA AMIZADETITULAR: DANIELA MIRANDA TEODORO
 SUPLENTE: EVERTON TERRA NOVA
ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE EDUCACIONAL PAZ E VIDATITULAR: GRASIELE DOS SANTOS SILVA
 SUPLENTE: ADEMIR DE OLIVEIRA SANTOS
CENTRO DE INTEGRAÇÃO FAMILIAR-CEIFARTITULAR: MARIA RAQUEL GOMES
 SUPLENTE: SARITA ANTONIA GONZALEZ ALVES
ORGÃO GOVERNAMENTALCONSELHEIRO DE DIREITO
SEGOV/VICE-PRESIDENTETITULAR:TATIANE JESUS DA PAIXÃO DOS SANTOS
 SUPLENTE: CARLA SOARES MIRANDA
SPMJTITULAR: GUSTAVO FIGUEIREDO MERCÊS
 SUPLENTE : MYLLENE RAMALHO DE OLIVEIRA
SMSTITULAR:LORENA DE ANDRADE LACERDA
 SUPLENTE:GILCA OLIVEIRA CARRERA
SEFAZTITULAR: IVANETE TORRES OLIVEIRA  PEIXOTO
 SUPLENTE:CLAUDIO JORGE PORTO BOMFIM
SEMOBTITULAR:ANA MARIA BATISTA
 SUPLENTE:BÁRBARA GÓES REGO LIMONGI
SEMPRETITULAR:ADRIANA DOS SANTOS BARRETO
 SUPLENTE: RENATO LUÍS DA SILVA CALEGARO
SMEDTITULAR:ANA PAULA TELES PEREIRA DE OLIVEIRA
 SUPLENTE:EVELIN FERREIRA CERQUEIRA

E-mails: 

registro.cmdca@salvador.ba.gov.br , legislacao.cmdca@salvador.ba.gov.br , politicaspublicas.cmdca@salvador.ba.gov.br

FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – FMDCA

1) O que é o FMDCA?

É um instrumento de captação de recursos, proveniente de fontes diversas, exclusivamente destinado para a promoção e defesa dos direitos da criança e do adolescente. A deliberação, gestão e aplicação dos recursos do Fundo é de responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, sendo fiscalizado pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Município. O atual gestor do fundo é Marlos Matos Carvalho.

As destinações deverão ser depositadas no Banco do Brasil, Agência 3832-6, Conta Corrente nº 930.153-4

E-mails: fmdca.spmj@salvador.ba.gov.brfmdcasalvador@gmail.com, Tel: (71) 3202-7321 / 99604-2216,  End: Av. Estados Unidos, 397, Edf. Cidade de Salvador, Salas 508-517, 5º andar, Comércio.
Salvador – Bahia, CEP: 40.010.020
Secretaria Municipal de Politicas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ)
Secretária: Fernanda Silva Lordêlo

OBS.: Diferença entre doação e destinação:
DOAÇÃO: o contribuinte DOA DIRETAMENTE ÀS INSTITUIÇÕES, para elas financiarem os seus projetos sociais. NÃO USUFRUI dos benefícios fiscais do IR.
DESTINAÇÃO: o contribuinte DOA DIRETAMENTE AO FMDCA, que financia os projetos sociais das instituições. USUFRUI dos benefícios fiscais do IR.

2)Finalidade:
Gerenciar recursos destinados ao desenvolvimento de ações, programas e projetos específicos de atendimento à criança e ao adolescente.

3) De onde vem os recursos?
Tesouro Municipal e destinações de pessoas física e jurídica.

4) Onde são aplicados os recursos?
São aplicados exclusivamente na execução de projetos sociais aprovados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

5) Como é feito o repasse dos recursos captados para os projetos?
Através de termo de fomento com as entidades beneficiadas.

6) Quem acompanha a execução dos projetos financiados?
O CMDCA, o FMDCA,  o Gestor de Parceria conforme o Mirosc e a SPMJ – Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude.

7) De que forma a destinação é deduzida do imposto de renda?
O valor da destinação ao FMDCA, respeitados os limites legais, é deduzido do imposto de renda apurado na Declaração Anual, ou seja, não há aumento do Imposto de Renda. A importância destinada ao Fundo é DEDUZIDA do Imposto de Renda a pagar, ou ACRESCIDA ao Imposto de Renda a restituir.

8) Como deve ser feita a comprovação da destinação à Receita Federal?
As destinações efetuadas ao FMDCA devem ser comprovadas mediante recibos emitidos pelo CMDCA / FMDCA. Esses recibos devem ser conservados pelo contribuinte pelo prazo de 05 (cinco) anos para eventual comprovação junto à Secretaria da Receita Federal.

9) Trâmite dos processos de solicitação de recursos:
9.1 – O CMDCA publica edital para inscrição de projetos a serem financiados pelo Fundo.
9.2 – A Câmara Técnica do CMDCA analisa os projetos e apresenta em assembleia do conselho, para aprovação e deliberação ou indeferimento dos mesmos.
9.3 – Os projetos aprovados são encaminhados ao FMDCA.
9.4 – O FMDCA encaminha processo para o Setor de Convênios (SUCONV).
9.5 – A SUCONV analisa o processo e encaminha-o para a Controladoria Geral do Município (CGM).
9.6 – O CGM analisa o processo e encaminha-o para a SUCONV.
9.7 – A SUCONV encaminha o processo para análise jurídica da Representação Geral da Procuradoria do Município (RGPMS).
9.8 – A RGPMS encaminha o processo para o gabinete do secretário.
9.9 – O secretário autoriza a celebração do termo de fomento e encaminha o processo para o FMDCA.
9.10 – O FMDCA financia o projeto.

O CMDCA é um órgão paritário, composto por membros da sociedade civil e do Poder Executivo municipal. É deliberador, formulador e controlador das políticas públicas voltadas para atendimento à criança e ao adolescente, criada pela Lei nº 4.231 de 29/11 de 1990.

Comunicado!

Caros eleitores,
No dia 29/8/2021 os (as) senhores (as) devem comparecer no colégio eleitoral mais próximo do endereço da sua residência, conforme respectiva Prefeitura-Bairro.
De 8h às 17h, sendo horário preferencial das 8h às 10h para idosos, gestantes, lactantes e grupos prioritários estabelecido pela Secretária Municipal da Saúde.
O eleitor deverá apresentar RG e Título de Eleitor para identificação no sistema e acesso à sala de votação.
Participem é muito importante escolher quem vai zelar pelo direito de crianças e adolescente em nosso Município.

Atenciosamente,

Tatiane Paixão
Presidenta da Comissão

COMO CADASTRAR, RENOVAR E SOLICITAR RECURSOS DO CMDCA

Conforme Art. 90, § 1º, do ECA toda instituição que desenvolve trabalho com crianças e adolescentes deve efetuar seu registro e inscrição de seus programas, especificando os regimes de atendimento junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente / CMDCA.
Para se registrar, a entidade precisa da documentação exigida, bem como o plano de trabalho  do ano em exercício, para atendimento a crianças e adolescentes, com idades entre 0 (zero) e 18 (dezoito) anos incompletos.

Documentos Necessários
Estatuto Social da entidade
Ata de eleição e posse da diretoria atual
Relação qualificada da citada diretoria
CNPJ da entidade (emitido no ano da solicitação)
Relatório de atividades do ano anterior
Plano de trabalho da entidade especificando o(s) regime(s) que desenvolve (art. 90 do ECA)

Obs: Caso possua atestado de funcionamento emitido recentemente pelo CMASS ou Ministério Público, uma cópia pode ser apresentada.

Este registro servirá como forma de controle das atividades desta entidade e para mapeamento, através dos programas e projetos apresentados, das necessidades de crianças e adolescentes no município. As entidades que desejam fazer uso de recursos oriundos do FMDCA, poderá encaminhar projetos sociais, para avaliação e aprovação do CMDCA. Caso obtenha a aprovação, este será encaminhado para firmação de convênio junto ao FMDCA.

DOWNLOADS DOS DOCUMENTOS

No dia 01/09 ocorreu a cerimônia de posse do novo colegiado do CMDCA para o biênio 2022 a 2024.

Confira como ficou a composição:

Órgãos Governamentais:

a) TATIANE JESUS DA PAIXÃO DOS SANTOS, titular, e CARLA SOARES MIRANDA, suplente. Secretaria de Governo – SEGOV;

b) GUSTAVO FIGUEIREDO MERCÊS, titular, e MYLLENE RAMALHO DE OLIVEIRA, suplente. Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude – SPMJ;

c) LORENA DE ANDRADE LACERDA, titular e GILCA OLIVEIRA CARRERA, suplente. Secretaria Municipal da Saúde – SMS;

d) IVANETE TORRES OLIVEIRA PEIXOTO, titular e CLAUDIO JORGE PORTO

BOMFIM, suplente. Secretaria Municipal da Fazenda – SEFAZ;

e) ANA MARIA BATISTA, titular e BÁRBARA GÓES REGO LIMONGI, suplente. Secretaria Municipal de Mobilidade – SEMOB;

f) ADRIANA DOS SANTOS BARRETO, titular e RENATO LUÍS DA SILVA CALEGARO, suplente. Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza Esportes e Lazer – SEMPRE;

g) ANA PAULA TELES PEREIRA DE OLIVEIRA, titular e EVELIN FERREIRA CERQUEIRA, suplente. Secretaria Municipal da Educação – SMED.

Entidades Não Governamentais:

a) GRASIELE DOS SANTOS SILVA, titular e ADEMIR DE OLIVEIRA SANTOS, suplente. Associação Beneficente Educacional Paz e Vida;

b) MATEUS ALMEIDA RUSSO, titular e GUILHERME HUNDER CHAVES, suplente. Hora da Criança;

c) MARIA RAQUEL GOMES, titular e SARITA ANTÔNIA GONZALEZ ALVES, suplente. Associação Centro de Integração Familiar – CEIFAR;

d) VERA LÚCIA SANTOS GUIMARÃES, titular e EVANICE TOMAZ DOS SANTOS, suplente. Lar Pérolas de Cristo;

e) DANIELA MIRANDA TEODORO, titular e EVERTON TERRA NOVA, suplente. – Associação os amigos de Clara Amizade;

f) EVALDO BATISTA DE ALMEIDA FILHO, titular e MARCIO DE OLIVEIRA DESIDERIO, suplente. – Associação Beneficente e Cultural de Amaralina;

g) AILTON ALVES DE MOURA, titular e CLAUDIA MAGALI BONFIM SILVA, suplente. – Associação de Escolas de Educação Comunitária da Bahia.

Os Conselheiros da Sociedade Civil, juntos ao presidente do CMDCA, Leu Brasil, se reuniram no dia 12/09, com a secretária Fernanda Lordêlo, na SPMJ, para apresentação dos membros do colegiado e tratativas sobre a nova linha de gestão do CMDCA.

Agradecemos a acolhida da secretária e seu time, que de forma solicita, receptiva e profissional, abriram portas para um diálogo saudável e produtivo, fundamentado na construção coletiva, participativa e democrática.

Nesta terça-feira aconteceu a primeira reunião ordinária da Intercâmara de Políticas Públicas, Orçamento e Fundo do CMDCA Salvador.

Na ocasião Vera Lúcia Guimarães, do Lar Perólas de Cristo foi eleita como Coordenadora, e Adriana Barreto, da Secretaria Municipal de Saúde, como relatora.

Entre as 18 atribuições que a Câmara regimentalmente deve exercer tem-se a Elaboração de Diretrizes para aprovação de Projetos (roteiro de projetos) em parceria com a Câmara Técnica de Legislação e Infraestrutura. Também acompanha e fiscaliza a execução de projetos que são financiados com recursos do Fundo Municipal.

Na tarde de hoje (18), a vice-prefeita, Ana Paula Matos recebeu na Prefeitura de Salvador o CMDCA, a SPMJ, o FMDCA e a Humana Brasil para assinatura de termo.

Em sua fala o presidente do CMDCA, Leu Brasil, destacou a responsabilidade e o compromisso do alinhamento entre os partícipes para que avancemos de forma célere nos projetos a serem assinados.

Outra importante fala na mesa foi a do vice-presidente da Humana Brasil, Paulus van Dun ao sentenciar que a prestação de contas de um projeto inicia no 1º dia da sua execução.

Parabéns aos envolvidos e gratidão ao redirecionamento do projeto que oportunizará capacitação durante 1 ano aos Conselheiros de Direitos do CMDCA e aos Conselheiros Tutelares de Salvador.

Aprovamos nesta quarta-feira (19) na Assembleia do CMDCA de Salvador, o valor de R$ 6 milhões para financiar 24 projetos de até R$ 250 mil e que vai beneficiar crianças e adolescente da nossa cidade.

O lançamento do Edital de Chamamento Público pelo CMDCA em parceria com a Prefeitura está previsto para acontecer no início de novembro de 2022.

Os recursos são oriundos de doações de pessoas físicas e jurídicas e estão alocados do Fundo Muncipal da Criança e do Adolescente.

Foi realizado nesta sexta-feira (18), no auditório da UNIFACS Campus Lapa, a capacitação para as Entidades de atendimento com registro no CMDCA Salvador, com o tema Editais de Chamamento Público e MROSC.

A abertura do evento contou com a participação da Secretária Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, Fernanda Lordelo, do Coordenador Fórum da Criança e do Adolescente de Salvador (FOCAS),, Mateus Russo e do Presidente do CMDCA Leu Brasil, de conselheiros de direito e dos conselheiros tutelares.

A palestra sobre o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civiil (MROSC), foi ministrada pela professora e consultora, Zizete Nogueira, que ressaltou a importância da elaboração de um bom edital e do cumprimento do plano de trabalho. No segundo momento da capacitação, os técnicos do Fundo Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes – FMDCA, Dr. Wagner Oliveira e Gabriela Maciel, abordaram de forma bastante ampla todo o processo para a formalização de parceria entre as OSC e administração pública.

De acordo com Leu Brasil, a realização dessa capacitação em parceria com a SPMJ, acontece em um momento muito importante para o CMDCA de Salvador, principalmente porque em breve será lançado um Edital de Chamamento Público, no valor R$ 6 milhões, onde serão selecionadas 24 propostas no valor de até R$ 250 mil, beneficiando com as ações nossas crianças e adolescentes. “Nosso objetivo é apoiar e fortalecer o trabalho das Entidades, para que assim possam desenvolver seus projetos, atendendo o interesse público”, finalizou.

Skip to content